Justiça garante continuidade de plano de saúde de professores da UFRRJ e impede reajuste abusivo

09 de outubro, 2019 por Julio Canello

Em julho deste ano, a Golden Cross enviou comunicado para a Associação dos Docentes da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, ADUR-RJ, e para docentes vinculados à operadora, informando da suspensão do contrato até então vigente entre a entidade e a operadora. Além disso, a Golden Cross previa um aumento de 49,42% no valor dos planos de saúde dos associados e a rescisão dos contratos a partir do mês de setembro. 

Através de sua assessoria jurídica, Boechat e Wagner Advogados Associados, a ADUR-RJ entrou com uma ação para bloquear a suspensão do contrato e também impedir o reajuste abusivo que estava sendo imposto pela seguradora aos associados no convênio. No dia 11 de setembro, por decisão da 15ª Vara Cível, foi concedida tutela de urgência. A decisão da justiça determina que o contrato seja mantido, além de reduzir o percentual de aumento para 7,35% no valor do plano. Essa decisão ainda não é definitiva e dela cabe recurso.

Assine nossa Newsletter